Como Fazer uma Monografia!

0
Rate this post

elaboração de uma monografia não é algo que nós alunos estamos acostumados a fazer durante o ano letivo pois ela é muito mais do que mais um trabalho de faculdade.

A monografia tem um caráter de pesquisa científica, que aborda determinado tema de maneira bem mais ampla do que estamos acostumados. Além disso, ela deve seguir uma série de normas específicas.

Fazer monografia é algo que deixa muita gente apavorada. Não é para menos. São muitas as dificuldades que se apresentam no desenvolvimento de um trabalho deste tipo. Além da quantidade de consultas e estudos que se tem pela frente, ainda há a consulta inevitável às normas da ABNT.

Mas, nem tudo precisa ser tão sofrido. Você pode ter acesso às regras para elaboração de seu projeto, descritas com mais clareza e de forma menos complexa. Aqui você encontra uma explicação completa sobre os pontos que compõem o passo a passo de como fazer uma Monografia.

Nesse artigo vamos dar alguns dicas sobre como fazer uma monografia, além de um passo a passo da estrutura desse tipo de TCC.

Como fazer a Monografia

O desenvolvimento de uma monografia de TCC segue quase sempre o mesmo processo de criação. Vamos ver quais são eles:

 Definição do Tema

A correta escolha do tema é primordial para que o aluno consiga desenvolver melhor o conteúdo do trabalho de conclusão de curso.

Uma monografia deve ter um tema único e quanto mais específico melhor. Não tente abraçar o mundo e escolha um tema específico, visando resolver, responder ou discutir algum problema da comunidade  e/ou da sociedade.

É importante escolher um tema que você tenha real interesse, que goste, e que é ou será parte de sua carreira. Isso por que você terá que ler, estudar e escrever muito sobre a assunto, então nada melhor do que optar por um assunto interessante.

 Quem será seu Orientador?

Agora fica fácil escolher o professor que irá te orientar. Sua escolha deve ser por alguém que atue na área do tema a ser desenvolvido por você. Para esta escolha você precisará entrar em contato com este professor e convidá-lo para ser seu Orientador.

Ele terá que ter tempo disponível para te orientar, por isto se houver recusa, entenda, e procure por outro. Se o professor aceitar você terá que oficializar isto, conforme as exigências de sua Universidade.

Seu orientador terá que te conduzir no decorrer de todo o trabalho monográfico. Desta forma, ele poderá apontar as melhores obras e autores para sua consulta. Poderá também sugerir alterações no texto e no desenvolvimento de todo o projeto.

O papel essencial do Orientador é fazer com que o aluno reflita criticamente, valorizando o pensamento científico.

Projeto de Monografia e Cronograma

Fazer uma Monografia é um trabalho longo, provavelmente o maior projeto que você já fez, então é essencial fazer um planejamento da estrutura e dos prazos antes de começar.

Defina datas para cada etapa e cumpra-as, não caia na tentação de ir adiando e chegar no último mês sem ter nada feito. Uma boa opção é pré-agendar reuniões com seu orientador, por exemplo, todo dia 15 do mês, para que você apresente seu progresso. Isso cria um compromisso que vai te forçar a cumprir o cronograma.

Projeto de pesquisa: Um pré – projeto

Aqui você faz seu planejamento. Para isto, reflita sobre que pontos serão enfatizados pelo tema que você escolheu. Você terá que delimitar a questão que será estudada. Pense nos motivos que tornam este assunto merecedor de ser tema de monografia. Trata-se de um problema relevante?

Nesta parte você já estará pensando na justificativa. Este planejamento não faz parte da Monografia, porém você deve registrar por escrito, tudo o que foi realizado e apresentar para análise de seu Orientador.

 Pesquisar- Coletar – Analisar – interpretar

Comece a buscar obras, autores e todas as informações que possam fazer parte da bibliografia necessária à escrita de seu projeto. Nesta fase você já está buscando embasamento para suas ideias. São as referência e citações que poderão ser usadas.

O material a ser consultado pode ser de diversas origens: vídeos, documentos da Internet, artigos de jornais, revistas e sites. etc.

Um dos instrumentos de coleta de dados muito usado nos projetos acadêmicos é o questionário. Você pode organizar questionários para submetê-los à comunidade ou a um grupo específico de pessoas, cujas opiniões são relevantes para seu tema.  É uma maneira de inserir em sua monografia uma diversidade de crenças, pensamentos e percepções do senso comum.

Esta ação só faz enriquecer seu trabalho e vem de encontro a um dos pilares do conhecimento científico, que é não ficar alheio à realidade existente. Após aplicado o questionário, deve-se partir para a tabulação e análise dos dados obtidos.

As Normas ABNT + Exigências de sua Universidade

Procure ter em mãos todas as Normas ABNT. Junte a elas informações e exigências específicas de sua Universidade. Esteja atento e busque acesso às duas legislações, pois sua produção deverá estar em consonância com a Associação Brasileira de Normas Técnicas e também com as regras metodológicas de sua instituição.

Nas normas ABNT estão todas as regras recomendadas para a realização de qualquer trabalho acadêmico. No entanto, nem tudo é exigido. Existem particularidades características de cada Instituição. Estas são cobradas, sem desprezar a padronização da Associação.

Ao final desta parte você terá em mãos sua bibliografia.

Desenvolvimento da Monografia

Nesse ponto você já tem uma boa idéia de como fazer uma monografia e já estará pesquisando e lendo muito sobre o seu tema, não esqueça de salvar as referências, guardar dados, imagens e gráficos que agregarão valor ao seu TCC e escreva os capítulos do trabalho, revisando-os com o seu orientador para que ele possa corrigir o rumo quando necessário.

Atente para as normas ABNT desde o começo do desenvolvimento, pois será mais fácil já começar a escrita seguindo as normas, do que revisar todo o conteúdo quando concluí-lo.

Todo o desenvolvimento da Monografia é centrado no “Problema de Pesquisa”.

Apresentação do TCC

A maioria das universidades exige que o aluno além de fazer o TCC, o apresente para uma banca examinadora, normalmente formada por outros professores.

A apresentação deve ser bem resumida, apresentando o tema e a problemática abordada, explicando o que foi analisado e quais as conclusões. Prepare-se para uma pequena seção de perguntas da banca que buscará esclarecer alguns pontos que não ficaram muito claros mas principalmente deixar claro que você conhece, estudou e realmente fez o TCC.

Em caso de insegurança, uma boa dica é apresentar o TCC previamente para um grupo de amigos, mas peça que sejam realmente críticos e até um pouco chatos.

Passo a Passo da Estrutura de uma Monografia

Falandando mais tecnicamente e segundo as normas ABNT, toda monografia deve conter os seguintes elementos em sua estrutura:

Elementos Pré-Textuais

  1. Capa: Contendo o título do trabalho, o(s) autor(es), cidade e ano;
  2. Folha de Rosto: Com o nome completo do(s) autor(es), título do monografia, explicação rápida e clara dos objetivos do trabalho, nome da instituição de ensino e novamente a cidade e o ano da entrega;
  3. Folha de Aprovação: Deve conter a data da aprovação, nome completo dos integrantes da banca avaliadora e local para assinatura de cada um deles;
  4. Dedicatória (opcional): Pequeno texto em que o autor dedica o trabalho a alguma pessoa;
  5. Agradecimentos  (opcional): Visa a agradecer pessoas que contribuíram de forma indireta, como a família, professores, prestar homenagens e etc;
  6. Epígrafe (opcional): Pensamento de algum outro ator que seja preferencialmente ligado ao tema;
  7. Resumo: É uma síntese dos pontos relevantes da monografia, em linguagem clara, concisa e direta, contendo no máximo 500 palavras;
  8. Sumário: Relacionar de maneira macro as divisões do trabalho, os capítulos e as seções, com a indicação das páginas onde se iniciam cada uma delas;
  9. Lista de Ilustrações  (opcional)
  10. Lista de Abreviaturas e Siglas  (opcional)
  11. Listas de Notações  (opcional)

Textuais

Nestas seções ficam o conteúdo da pesquisa do TCC, com uma definição clara de começo, meio e fim nas seguintes divisões:

  1. Introdução
  2. Desenvolvimento
  3. Conclusão

Pós Textuais

  1. Referências Bibliográficas
  2. Obras Consultadas (opcional)
  3. Apêndices (opcional)
  4. Anexos (opcional)
  5. Glossário (opcional)

A Formatação da Monografia

Esta é uma etapa muito importante. Deve ser realmente levada a sério. As Universidades seguem sempre as normas de formatação recomendadas na ABNT. Para cada parte da Monografia existem as regras que as padronizam.  Sendo assim, você terá que adequar seu projeto ao que for exigido nestes termos.

Agora que você já sabe como fazer uma monografia, saiba que não será difícil se você organizar-se desde o começo. Busque informações. E não deixe para última hora. Fazendo assim muito estresse pode ser evitado. Você já iniciou a sua?

PARA FACILITAR  FAZER SEU TCC DENTRO DAS NORMAS ABNT DE FORMA CORRETA, EFICAZ E MAIS RÁPIDA FACILITANDO TODO O PROCESSO E CONCLUINDO SEU CURSO ADQUIRA O MONOGRAFIS- ORIENTADOR DE TCC DISPONIBILIZADO PARA COMPRA COM DESCONTO EM NOSSO SITE! 

 

 

 

 

 

 

Share.

About Author

Leave A Reply